Gostam do blog!

quarta-feira, 15 de agosto de 2007

Poema

A criança veio ao mundo
cresceu, viveu, morreu
Ela era alta cabelos escuros
ohos castanhos claros
nao magro mas nao era uma baleia
carinhoso e chamava-se..........
Meigo, amigo do amigo e ele dizia
para ele, hoje para mim amanha para
ti.E ele tinha a alcunha de.......
Depois eu digo-vos quem é.

7 comentários:

Bernardo Moura disse...

Diz lá quem é!

Eduardo Ramos disse...

Sim! Também estou curioso.
Ou isto também é alguma adivinha?

xico man disse...

Digo-vos depois

Ricardo disse...

Eu acho que sei quem é!!! És tu meu filho amado!
Beijinhos do Pai

xico man disse...

Pai estás enganado é uma criança imaginaria

woman medina disse...

Não pode ser o próprio!

Quem é o autor?

xico man disse...

Não!!!!!!!