Gostam do blog!

sexta-feira, 30 de março de 2007

Medecina

A psicologia (do grego Ψυχολογία; ψυχή (psique), "alma", e λογία (logos), "palavra", "razão", "estudo") é a ciência que estuda os processos mentais, sentimentos, pensamentos, razão, inconsciente, e o comportamento humano e animal (para fins de pesquisa). Para estes fins há vários métodos, como a observação, estudos de caso, estudos em neuropsicologia entre outros estudos multidisciplinares. Outro objeto de estudo da psicologia são as personalidades desviantes, com comportamentos inadaptáveis, chamados de patologia.
A psicologia procura explicar, prever e modificar os comportamentos.
A psicologia é uma ciência considerada das áreas sociais, ou humanas, portanto é estudada tanto em métodos quantitativos como em métodos qualitativos. Estes métodos aplicam-se ao estudo dos processos psíquicos, geradores de comportamentos. Os estudos clássicos em psicologia baseavam-se justamente nos comportamentos, que eram diretamente observados, que faziam com que o psicólogo inferisse um processo psíquico; porém, com os avanços das neurociências, na actualidade, também é possível, mesmo que rudimentarmente, estudar os processos psíquicos na sua origem. A introspecção é outro método para chegar aos processos conscientes, e a livre-associação aos processos inconscientes. Existem vários outros métodos desenvolvidos, cada um para estudo de um ou mais processos mentais.
Cabe à psicologia estudar questões ligadas à personalidade, à aprendizagem, à motivação, à memória, à inteligência, ao funcionamento do sistema nervoso, e também à Comunicação Interpessoal, ao desenvolvimento, ao comportamento sexual, à agressividade, ao comportamento em grupo, aos processos psicoterapêuticos, ao sono e ao sonho, ao prazer e à dor, além de todos os outros processos psíquicos e comportamentais não citados

1 comentário:

Bernardo Moura disse...

Muita informação sobre psiquiatria, muito bem.
É pena é os erritos.
Abraço